Carob & Coconut ou Alfarroba & Côco

Não sei se sabiam mas a alfarroba, amplamente conhecida e utilizada na cozinha portuguesa, mais precisamente na doçaria, tem um sabor semelhante ao chocolate! A alfarroba é a fruta que cresce de uma árvore de folha, a alfarrobeira. Deixo de lado a descrição das suas características, que podem ler aquise entenderem!

Assim dispensa-se a utilização de açúcar, pois ele já existe na sua composição natural, o que se torna uma opção interessante no que toca à ingestão de hidratos de carbono, e outros nutrientes importantes também.

Procurei inspirações em receitas com farinha de alfarroba, mas não encontrei nada de especial... Heis que encontro umas "barras", tipo tablete de chocolate, feitas de alfarroba e côco. Boa...era isto!


Nesta publicação vou colocar imagens de todo o processo, pois penso que perceber a textura,
embora seja visualmente, ajuda na concretização.

Então, estes fofinhos (não sei que nome lhes dar! Aceito sugestões) sairam assim:

4 col. sopa de farinha de alfarroba;
4 col. sopa de farinha de côco;
1 ovo;
6 claras de ovo (sugiro que comprem aqueles pacotes de claras de ovo, para não desperdiçar as gemas, e até podem acrescentar as claras se fizerem ovos mexidos, ou outras receitas que necessitem de ajuda entre a união dos ingredientes);
50 ml de leite vegetal (usei de amêndoa), só para ajuda a humidificar;
1 mão cheia de amêndoas laminadas, porque quis dar um certo crocante a estas belezuras!

Desta vez não usei processador. Primeiro para não estragar a textura (não quis um creme ou massa), e para perceberem que o processador pode ajudar muito, mas não é imperativo o seu uso. Envolvi tudo com uma colher. Aconselho a comer com fruta ou barrar com algo doce. Estes não vão bem com sabor salgado!























Comments

Popular Posts